Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Esmagadoramente triste....

por bolaspa, em 07.03.16

Sabem o que é vir trabalhar e vir todo o caminho até lá a repetir mentalmente, sem parar, mesmo que eu queira e faça uma grande esforço para parar: " Eu não quero ir para ali.... eu não quero ir para ali.... eu não quero ir para ali...."

São as minhas manhãs.... são todas as minhas 5 manhãs dos dias uteis...

Este trabalho está a tornar-me tão triste, frustada, dormente.... eu sei lá.....

Venho para aqui de manhã a pensar que não quero vir para aqui, saio daqui á hora de almoço a pensar que não quero voltar, volto do almoço contrariada e triste, saio daqui a voar com vontade de, no outro dia de manhã, simplesmente não me levantar para não ter de vir para cá....

 

Nunca me senti tão triste, estagnada, frustada, tão .....esmagadoramente triste, bolas!

E não é que eu não goste do meu trabalho.

Eu não gosto é do meu trabalho como está agora.

Esta empresa sempre teve os seus altos e baixos, os patrões sempre foram tontos e brutos, sempre houve problemas, como há em todo o lado, mas neste momento eu estou a ver esta empresa ser destruida, minada, implodida nas suas bases a pouco e pouco por um dos patrões, ás escondidas do outro e estou doente com isto.... doente.... e não posso fazer nada.

Neste momento, todos os que trabalhamos cá, trabalhamos em silencio, cabisbaixos, agastados e fartos.

E com medo, muito medo do que vai acontecer amanhã.

Se o outro chefe acorda para a vida.... se chegam ao pé de nós a dizer "Acabou-se. Vão para casa que esta empresa acabou!", dos clientes insatisfeitos, dos fornecedores que não estão a ser pagos, de algma bomba que rebente por aqui, sei lá. Medo.....

Isto não é vida, porra....

 

Sou eu que estou mal..... ou quê?

por bolaspa, em 10.11.15

Acho que já deu para perceber que ando extremamente farta do meu emprego, e de tudo o que se passa na empresa.

Mas tenho de compartilhar com o mundo uma pérola da minha chefe, que.... não sei, devo ser eu, mas desde que ela colocou estes letreiros por toda a empresa, a minha vontade de me levantar todos os dias para vir trabalhar é... nula.

Então um dia, a minha chefe chegou á empresa, imprimiu umas folhas A4 que espalhou por varias paredes e que dizem o seguinte:

" NÃO ESMOREÇAS NEM DESISTAS! TRABALHA DURO!

PENSA NOS MILHARES DE PESSOAS QUE VIVEM DO RENDIMENTO MINIMO SEM TRABALHAR, SEM PAGAR IRS, SEM ATURAR CHEFES E PATRÕES....SEM HORA DE LEVANTAR, SEM MEDO DE PERDER O EMPREGO.... ELES DEPENDEM DE TI! "

Isto é aquilo que tenho pendurado em todas as paredes que me cercam.... a primeira coisa que vejo quando chego para picar o ponto, pois está um mesmo lá ao lado.... a ultima coisa que vejo quando me vou embora....

E isto é para quê? Que sentimentos isto vos despertava todos os dias ao virem trabalhar?

Ou é só a mim que isto desperta... desalento.... raiva... nenhuma vontade de produzir.... Para alem de me estar a sentir insultada todos os dias, pelos meus proprios chefes, que desta maneira me chamam burra por estar a dar o couro e o cabelo por esta empresa, por este trabalho, quando eu poderia era estar a viver na boa com o rendimento minimo!

 

Aquilo não é nenhuma mentira! Todos nós sabemos que é verdade. Mas estar a trabalhar todos os dias com isto á frente dos olhos.....

 

Bolas, pá! Que porra!

Como sobreviver a um emprego cada vez mais detestável.....

por bolaspa, em 01.10.15

- A respirar fundo. Muitas vezes.

- Dizer palavrões. Para dentro. Muitas vezes....

- Tentar visualisar uma folha em branco, quando se está a morrer de vergonha de estar a enganar um cliente. Muitas vezes.

- Adormecer todos os dias a sonhar que se ganhou o euromilhoes e que a primeira coisa que vou fazer é despedir-me! ( é a unica forma de não adormecer a pensar em todos os problemas que terei de resolver na manhã seguinte...)

- maldizer a minha vida, vezes e vezes sem conta....

 

E o que é que eu estou a fazer para resolver isto????????

 

Nada.

 

Já fui procurar emprego na net na minha terra e as ofertas de emprego que encontro são....para esta empresa na mesma!!!!!!!!!!!!

Eu não estou maluca, nem vivo com teorias da conspiração....

por bolaspa, em 28.09.15

Mas será possivel que ninguem vê ( ou quer ver!!!) que esta empresa onde eu trabalho está literalmente a ser destruida e boicotada pela sua propria gestora?

Que ela está .... literalmente, mas literalmente,  a destruir a empresa propositadamente e ninguem faz nada para a parar?

 

Isto é surreal.... a sério....

 

Isto é uma vergonha....

por bolaspa, em 24.09.15

Eu sei que isto tudo por aqui  tem datas... mas ainda não fui ver e só sei que há muito tempo que não venho aqui...

 

O que é que 2015 me trouxe? O triplo do trabalho, cansaço a dar com um pau, menos de um terço da paciencia que sempre tive....

O que me chateia é mais o cansaço... estou farta do meu emprego, estou farta da minha vidinha pequenina, estou farta da minha casa.... estou farta e cansada de me sentir estagnada.

 

Não me entendam mal, e espero que Deus ou o destino, ou o caraças que manda nisto tudo não me castiguem por isto que estou a escrever.

Eu tenho uma vida boa. Eu sei que estou muito bem, que os meus estão bem  e só quero que assim continue...

Mas que continue bem, de uma forma diferente!

 

Este emprego, apesar de garantido, apesar de receber no final do mês, certinho, está a matar-me aos poucos.... Sou mal paga, explorada, maltratada quando os chefes estão mal dispostos, e "parada".... daqui já não vou para cima.... posso ir para baixo, porque aqui acontece de tudo, mas já não vou para mais lado nenhum...

Aqui "levo" dos chefes, "levo" dos clientes, "levo" dos fornecedores.... e tenho sido obrigada a mentir tanto, tanto, a todos eles  por causa desta má gestão, que já tenho o inferno garantido á conta disto....

Quando falo em vida pequenina, falo numa vida que parou num emprego, numa casa sempre de pantanas, na correria desenfreada atrás dos putos.... e mais nada.

Nunca mais fiz nada para mim, para eu crescer, para eu me "alimentar".... Parei.

Estou farta da minha casa.... Ela é excelente. Um T3 enorme, novo com tudo do bom e do melhor.... mas não é o meu sonho. E não consigo sentir aquela casa, como a minha casa.

Ela era para ser temporaria. Cinco anos no máximo, disse ele, e depois fazemos a nossa casa.

E veio a crise no imobiliário.... e os cinco transformaram-se em dez.... e do modo como isto está, só se fosse doida é que agora ia enterrar todas as poupanças na construção de uma casa....

Eu estou a escrever isto e sinto-me envergonhada, e culpada, porque tenho uma vida excelente.

E tenho! E dou valor! Tenho um marido espetacular, que sim, pode estar a sofrer cada vez mais de hereditariadade ( sabem o que isto é? está cada vez mais parecido com a mãe dele... e isso não é bom.), mas eu comprei o "pacote" e tenho de lidar com isso e acabou-se! Quando ele não está a sofrer desse problema, é mesmo o homem da minha vida.

Tenho dois filhos lindos!!!!!!!!!! Saudáveis!!!!!!!!! E tenho de dar graças a Deus todos os dias por isto!!!!!!!! E adoro estes pirralhos! E se pudesse tinha mais dois...

E a minha casa é excelente, e a minha vida é desafogada...

Então porque me sinto tão insatisfeita?

 

Acho que tenho de começar mesmo pela mudança de emprego.....

 

E depois deste tempo todo....

por bolaspa, em 02.06.15

Olá.... voltei.... O que é que 2015 me trouxe de novo? O triplo do trabalho....o dobro da arrogancia das chefias.... e nem mais um tusto....

Eu queria muito ir escrevendo qualquer coisa, mas nem tenho tempo, nem força.... e ás vezes, nem vontade.

Hoje são 01:30 da manhã,  estou a escrever, mas só porque o meu marido está fora em trabalho e eu ando aqui a lutar comigo para fazer alguma coisa cá por casa e isto é uma optima desculpa para eu não fazer nada do que tenho a fazer.... o monte da roupa continua aqui ao meu lado, num equilibrio artistico de já não ser possivel lá colocar nem mais uma peça... A minha casa de banho está caotica, tal como a deixei ás 9:30 da noite, depois de dar banho aos pequenos.... o chão da cozinha precisa de ser lavado....

E eu estou cansada. Devia ir para a cama... mas o sentimento de culpa é enorme.... porra!

Os anos da minha filha são esta semana... 5 anos!!!!!

E eu tenho de ir fazer as lembranças para os colegas da sala, e inventar as ... cenas que costumo inventar todos os anos para a festa (decorações, doces, etc) e continuo sem vontade de fazer nada.

Bem... quanto mais escrevo mais em baixo me sinto por estar a enumerar tudo o que tenho de fazer...

Vá, faz-te uma mulherzinha e vai mas é limpar a casa de banho!

 

Um dia destes dou noticias outra vez...

Como sentimos as coisas na pele, quando passamos para o lado de lá....

por bolaspa, em 14.01.15

Nunca perdi muito tempo a pensar ou a reparar em coisas como os lugares de estacionamento prioritários e para deficientes.

Sempre evitei esses lugares, pois não eram para mim. Mas confesso que já estive estacionada em lugares de deficientes, apesar de nunca ter saido do carro.

Depois, quando estive grávida, o meu marido tentou sempre estacionar nos lugares prioritários para grávidas, mas não era facil porque parecia que em todos os sitios onde ia, havia montes de grávidas e estava tudo ocupado.

Chegamos a ver esses lugares a serem ocupados por senhores muito barrigudos que estavam sozinhos e quase tivemos vontade de lhes perguntar quando é que eles iam ter a criança.... mas sou uma pessoa de paz.

Agora, com a situação do meu J. comecei a reparar a serio nesta questão dos estacionamentos.

Realmente, nos sitios publicos com estacionamento reservado para deficientes, há muita gente a estacionar que a unica deficiencia que têm deve ser mental! Os carros não têm disticos, as pessoas que saem de lá não aparentam nenhuma deficiencia e fazem isso com uma facilidade....

Os pais do meu J., como moram numa movimentada avenida lisboeta, pediram a reserva de um estacionamento á porta de casa, pois têm de estar sempre a sair com o menino para as consultas e para as terapias. Foi-lhes concedido um lugar reservado á porta, totalmente sinalizado, com a indicação que é um lugar de estacionamento para deficientes, reservado para o carro de matricula XXXXXX, como era de direito.

Mas como naquela movimentada avenida, todos os estacionamentos são pagos, sempre que eles saem com o carro, algum estupido deficiente mental!!!!!!!, se aproveita do lugar e estaciona....

E quando eles chegam, não têm como estacionar, não têm como tirar o menino ( que está a ficar grande, já tem oito anos!) do carro, tirar a cadeira de rodas da bagageira, montar a cadeira de rodas no passeio e mais o que precisarem, porque naquele lugar não podem estar em 2ª fila.....

E chamam a policia, que avisa logo que só lá podem passar daí a uma hora (isto no centro de lisboa!!!) e que depois lá multa os espertos, mas muitas vezes são eles que chegam, sempre a pedir muitas desculpas, sempre a dizer que foram só dez minutos....

E no dia seguinte.... outro chico esperto.... e no outro dia, outro chico esperto.... isto sem parar.....

A falta de respeito,  a falta de humanidade, a falta de valores.... que estas pessoas demonstram é monstruosa, é enorme!

E os dez minutos ( que nunca são 10 minutos!) que estas pessoas acham que não são nada, para o meu J. são muito!

São dez minutos de chuva que ele pode apanhar, são dez minutos de frio, que tanto mal lhe faz, são dez minutos de stress do pais que ele tem de apanhar ( sim, porque a vida deles tem sido facil e stress é tudo aquilo que eles não têm!!)

Haverá alguma forma de se educar as pessoas para não fazerem isto, sem que tenham de passar pelo sofrimento de um dia, passar para o lado de lá?

 

Ano Novo....

por bolaspa, em 05.01.15

Bem... acabou o ano de 2014.

Balanço: foi um ano assim.... a modos que.... coiso.

Não posso dizer que foi um ano extraordinário. Não posso dizer que foi um ano mau. Por isso foi assim... coiso...

2015.... acho que a ideia a ter é que tem de ser melhor.

Como só há duas hipoteses, eu escolho a melhor.

Resoluções de ano novo:

Dieta.... blá, blá, blá...

Mais cremes.... blá, blá, blá....

E o que é que são mesmo as outras coisas que toda a gente costuma dizer que vai fazer?

Isso, isso... blá,blá, blá....

Agora a sério?

Ter mais tempo e investir mais no meu marido.

Ter mais paciencia com os meus filhos.

Ter mais tempo para toda a minha familia.

 

Porque aquilo que eu tenho, aquilo que é mesmo meu.... são os meus.

E nada é tão importante como eles.

E um novo ano só pode ser mesmo bom com todos eles junto de mim!

Bem.... um destaque.... bolas....

por bolaspa, em 22.12.14

Ui... hoje descobri que me destacaram no Sapo....

Obrigado.

E obrigado a todos os que comentaram e que estão nas mesmas condições que eu.

Isto é só mais um incentivo para arranjar um sistema tipo.... criança que quer ler e os pais já não deixam ter mais a luz acesa.

Espero que este natal alguem me ofereça uma lanterna pequena e um bloco de notas para ter ao lado da cama....

 

Boas festas para todos!

E obrigado!

Horas parvas para ser uma boa blogger....

por bolaspa, em 12.12.14

Bem... de vez em quando dou uma vista de olhos por alguns blogs e fico cheia de inveja... sim, porque não consigo escrever assim, dizer coisas espirituosas e divertidas, ser original....

Para isso eu precisava de estar ligada á net todos os dias, á hora que me deito, ali uns 5 minutos antes de adormecer....

Porque só á porra dessa hora é que me passam pela cabeça coisas dignas de colocar num blog!

As opiniões mais cortantes, as historias mais divertidas, os comentários mais mordazes.... só aparecem na minha cabeça a essa hora, nessa altura!

E não, de manhã não me lembro de nada.... e não, a essa hora já não posso acender as luzes e estar a escrever coisas porque a cara metade, que até é bastante compreensiva, deixa de o ser quando são horas de ir para a cama....

 

Bolas.... nunca hei de ser uma blogger de sucesso....


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D